+RECENTES

Conheça algumas figuras públicas angolanas que fazem sucesso em Angola e no estrangeiro

Por: Platinaline
Com a realização de diversos trabalhos em prol do desenvolvimento e promoção da cultura angolana, desde a música, cinema, teledramaturgia, desporto e tantos outros sectores, várias são as figuras angolanas que têm o seu espaço no mercado nacional e, cada vez mais, têm conquistado as indústrias internacionais com os seus talentos. Para saber quem são, o PLATINALINE convida-lhe a conferir a lista a baixo com alguns nomes que preparou para si:
Anselmo Ralph
Com nove álbuns disponíveis no mercado nacional e internacional, com destaque para “Amor é Cego”, lançado em 2016, Anselmo Ralph tem mostrado que o seu talento musical deve e tem sido ouvido e apreciado nos quatro cantos do universo. Depois de África e Europa, o autor de inúmeros sucessos já tem o seu lugar garantido no mercado latino-americano.
C4 Pedro
Um dos mais influentes músicos da nova geração angolana, versátil, intérprete e compositor, C4 Pedro é o artista distinguido no território nacional e internacional. 2017 foi um ano marcante para o cantor, que arrebatou no África Magazine Music Awards (Afrimma) na categoria de “Melhor Artista da África Central”, prémio de “Mérito Carreira Internacional”, no Angola Music Awards, e “Melhor Artista da Lusofonia” no MTV Base.
Matias Damásio
Detentor de mais de 40 prémios distinguidos em território nacional e internacional, Damásio é um dos artistas com melhor ascensão em Portugal nos últimos anos. Se os concertos realizados antes de 2016 mostravam um bom compositor e intérprete e não faziam adivinhar o sucesso que surgiu depois dos seus temas começarem a surgir nas novelas da TVI, “Kwanza Burro”, “Matemática do Amor” e, sobretudo, “Loucos” foram os temas que apresentaram Matias como um dos nomes mais certos da música angolana.
Fredy Costa
O empresário, modelo e actor, Fredy Costa, considerado como um dos homens mais sensuais de Angola, já protagonizou alguns papéis em novelas nacionais, como Reviravolta, Jikulumessu, Windeck, A Única Mulher, Ouro Verde, O Caçador, I Love Paraisópolis, Voo Directo entre outras. O angolano tem conquistado cada vez mais os públicos português e brasileiro, e recentemente participou na novela Apocalipse, emitida na Rede Record.
Maura Faial
Depois da sua estreia televisiva na novela Jikulumessu, destaque esse que a levou ao prémio de “Actriz Revelação”, em 2015, nos Angola Fashion Awards, a modelo Maura Faial não parou por ai. A angolana, que actualmente reside nas terras de Camões (Portugal) onde tem desenvolvido muitos trabalhos, voltou a brilhar com o papel de vilã no personagem “Vita” da telenovela portuguesa “A Única Mulher”.
Sílvio Nascimento
Aos 18 anos, Sílvio Nascimento integrou no grupo teatral “Vozes Soltas” e não mais parou. O actor traz no seu curriculum passagens na peça Hotel Komarka, que o levou a países como Cabo Verde, Brasil, Portugal, Moçambique, África do Sul e Estados Unidos. E, no cinema, nos filmes “Reduzidos a Nada”, “Assalto em Luanda 2”, “A Conquista”, “A Inocência de Mila” (que não foi exibido), “Njinga, Rainha de Angola”, “A Guerra do Kuduro”, “Marcas do Passado”, bem como nas novelas “Amor Maior”, “Windeck”, “Jikulumessu” e tantas outras. Já foi apresentador do programa “Duelo das Estrelas”, no canal Mundo Fox, e actualmente comanda o programa “Ben-Vindos”, da RTP.
4F8ED423-12E6-4DE9-A0EB-4E0E0B3606EA
Bastos Kissanga
Defesa da SS Lazio de Itália, Bastos tem recebido algumas propostas contratuais de clubes europeus para a sua transferência. De acordo com o jornal desportivo italiano Gazzetta dello Sport, o internacional angolano estaria a ser negociado pelos ingleses do Wolvaranton por um valor a rondar aos 17 milhões de libras, cerca de 22,5 milhões de dólares.
David Caracol
Actor que entrou para o mundo do teatro aos 14 anos de idade, conhecido em Angola pelas suas cómicas personagens interpretadas nas diversas peças apresentadas pelo grupo de Horizonte Njinga Mbandi, David Caracol já venceu o prémio de “Melhor Actor” na Espanha, em 2016, distinguido no Festival de Cinema de Las Palmas, cidade espanhola. O angolano participou na superprodução do filme “O Livro do Padre Dinis”, produzida por portugueses e franceses em Lisboa.
Nadir Tati
Formada em Criminologia e Consultoria de Imagem, a consagrada designer e estilista vencedora dos troféus “Diva da Moda”, em 2011, “Diva do Momento” e “Diva da Moda”, em 2012, esteve nomeada pela terceira vez para os prémios Divas Angola 2017, que também foi destaque, com a colecção “Arte Africana”, nos palcos do São Tomé e Príncipe Fashion Week e no Moda Lisboa, tem agora a missão de promover a filantropia em Angola, depois de ser indicada pelo Embaixador do Japão em Angola, Hironori Sawada, e nomeada pelo conselho consultivo internacional da Kenjin-Tatsujin para a Ashinanga África como membro da referida organização.
Rose Palhares
Uma das grandes referências da moda do país, Rosa Palhares, que, no ano passado, marcou presença na edição histórica do aniversário dos 70 anos do Festival de Cannes com uma colecção exclusiva de mais de 200 vestidos na Fashion Shop da Mastercard do Festival Du Filme de Cannes 2017, e, em Maio de 2018, esteve em Lisboa, para novamente representar Angola no maior evento de moda CPLP Fashion Week, levando a bandeira de Angola além-fronteiras.
Blésnya Minher
Com apenas 20 anos, a modelo internacional angolana, que já participou na passarela das principais semanas da moda em Nova Iorque, Londres, Milão e Paris, e recentemente voltou a brilhar na campanha da conceituada marca de roupa e acessórios Calvin Klein. 2018 é, sem dúvida, o ano de Blésnya Minher, pois, em menos de um mês, a modelo angolana da Da Banda Model, que tem sido notícia no mundo da moda, protagonizou duas capas da Vogue Brasil e a campanha da marca Coach e entrou para a família Versace de top models.
Maria Borges
A residir em Nova Iorque, a top model angolana internacional entrou para o mundo da moda como concorrente no Elite Model Look Angola 2011. Deu os seus primeiros passos na agência Step Model e foi, durante um ano, o rosto da empresa de cosméticos Pérola Negra. Já considerada como uma das dez modelos mais novas a ter em conta pela models.com e venceu, em 2011, o Supermodel of The World Angola.
Maria Borges já desfilou para marcas como Givenchy, Jean Paul Gaultier, Kenzo, Pacco Rabanne, Tom Ford, Oscar de la Renta, Monique Lhuillier, Zac Posen e MaxMara e já fez campanhas para a Tommy Hilfiger e Forever 21 nos EUA, entre outros. Actualmente, Borges é mais conhecida por participar nos desfiles da Victoria’s Secret, onde desfilou em 2013, 2014, 2015 e em 2016, tendo feitp história por ser a primeira modelo negra a usar o seu cabelo natural, transformando-se na “única modelo angolana a desfilar quatro vezes consecutivas no Victoria’s Secret Fashion Show.
Sharam Diniz
Após desfilar para diversas marcas internacionais, com destaque para Plein Sport”, de Philipp Plein, em Milão, um sonho que a modelo internacional almejava realizar, Sharam Diniz foi convidada pela SIC para integrar em um dos capítulos da novela “Alma e Coração”, que irá estrear em horário nobre, onde o seu personagem vai estar ligado à Aida, personagem de Cleonice Malulo, que será a mãe dos personagemns vividos pela angolana Sharam e pelo Danny (Valdemar Brito).