Kalupeteca está na Comarca de Viana e doente•||•Noticia•||•



Filho do líder de A Luz do Mundo diz que autoridades não deixam entrar medicamento tradicional que o pai usa para se tratar.
 O líder da seita A Luz do Mundo José Julino Kalupeteca encontra-se na Comarca de Viana em Luanda, para onde foi transferido sem que a família tivesse tido qualquer conhecimento.
A informação foi confirmada à VOA por Julino Katupe, um dos filhos de Kalupeteca, condenado a 28 anos de prisão pelos crimes de homicídio qualificado, autoria moral do massacre no monte Sumi e uso da força contra a autoridade.
“Conseguimos localizar o pai aqui em Luanda na Comarca de Viana, conseguimos conversar com o pai'', disse Katupe, adiantando que as autoridades apenas informaram a Kalupeteca da sua transferência quando estava no Sumbe a caminho de Luanda.
O filho pede o envolvimento da comunidade internacional para ajudar o seu pai que se encontra doente, mas que não pode tratar-se porque as autoridades não deixam entrar na prisão “o medicamento tradicional que ele usa”.
“O clima faz-lhe mal devido ao calor e não deixam o medicamento entrar na cadeia'', queixa-se Julino Katupe.
José Julino Kalupeteca foi condenado a 5 de Abril por homicídio qualificado, autoria moral do massacre no monte Sumi e uso da força contra a autoridade.
Os seguidores de Kalupeteca, Filipe Zacarias e Nunda, foram condenados a 16 anos de prisão e os demais sete a 27 anos de prisão.
O advogado de defesa David Mendes recorreu da decisão para o Tribunal Supremo.
José Julino Kalupeteca e seguidores foram presos a 16 de Abril de 2015 na sequência de confrontos entre a polícia e os seus seguidores, dos quais resultaram a morte de nove policias e 13 civis, de acordo com as autoridades.
Entretanto, os partidos da oposição e activistas disseram que houve centenas de mortos e o Governo de Angola recusou o pedido de uma investigação independente feito pelas Nações Unidas.

Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial